Busca:

Guilherme e Santiago



Dados Artísticos

  Cantores. Dupla sertaneja. Compositores. Dupla formada pelos irmãos Eriksson Cardoso Rosa, o Guilherme - Goiânia, GO-1972 e Enzo Cardoso Rosa, o Santiago - Goiânia, GO-1976. Cantam juntos desde crianças. Apesar da infância simples e marcada pelo trabalho, Guilherme, Santiago e seus dois irmãos (sendo um de criação) sempre acompanharam as serenatas feitas pelo grupo de seresta formado por sua mãe e seus tios. Guilherme, o mais velho dos três irmãos, iniciou a carreira artística aos 15 anos, cantando jingles publicitários. Aos dezoito anos, foi para os EUA, a fim de tentar ganhar a vida. Trabalhou em São Francisco como jardineiro, entregador de pizza e jornal, ficando por lá durante um ano, enquanto Santiago e os irmãos vendiam sapatos e chinelos feitos pela mãe numa feira hippie de Goiânia e faziam aulas de violão. Ao retornar em férias, foi convidado a gravar um jingle em dupla: era o início da carreira dos irmãos Guilherme & Santiago. A primeira apresentação da dupla ocorreu numa casa noturna em Goiânia (GO), onde fizeram a abertura de um show da dupla Chrystian e Ralf. Guilherme & Santiago ficaram conhecidos em Goiânia por gravar um jingle para um candidato a prefeito. A música se tornou tão popular na cidade que o povo pedia que os cantores fizessem parte do showmício. A partir daí, trilhando o caminho da música, o trabalho da dupla começou a ganhar visibilidade e suas canções chegaram às rádios de Goiânia. Em 1993, Guilherme & Santiago montaram o primeiro repertório e começaram a fazer shows em Goiás. Abriam apresentações de duplas como Christian & Ralf, Zezé Di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo.Em 1994, lançaram o primeiro disco pela gravadora Warner. Em 1996, lançaram, pela mesma gravadora, o segundo disco com a marca de 70 mil cópias vendidas. Em 1997, gravaram a música "Me esqueça", que fez parte da novela "Estrela de fogo", da TV Bandeirantes. Gravaram, no volume 2 da mesma trilha, a composição "Mentira de amor". O sucesso obtido despertou o interesse da gravadora EMI. Em 1999, lançaram o terceiro disco, trazendo, entre outras, as composições "Essa paixão me machuca", "Na rua" e "Desesperadamente apaixonado", em parceria com o compositor Piska. A dupla tem realizado diversos shows pelo Brasil, especialmente nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Goiás. Em abril de 2004, contratados pela Sony, a dupla lançou seu 5º  álbum, "Azul", com produção musical de Mário Campanha e sob os cuidados do empresário Hamilton Policastro, renomado no segmento sertanejo, O disco marca o retorno dos irmãos a esse segmento e conta com participação especial do grupo Roupa Nova nos arranjos e regências de três faixas, além de  trazer  Ricardo Feghali, teclados e vocal da banda, atuando na engenharia de gravação do CD. "Azul"  é composto por 14 faixas, recheadas de baladas românticas, sertanejas de raiz como "Mundo Velho" e  "Som e Imagem" de Carlos Randal, que também assina a autoria do sucesso "Dois amigos" interpretada por Julio Iglesias & Zezé Di Camargo & Luciano. E "Azul", a faixa título, de Santiago Novaes, mas o sucesso "Chovendo estrelas" foi o que deu à dupla seu primeiro disco de ouro. Em 2005, lançaram o CD "10 Anos Acústico Ao Vivo" e se firmaram entre as maiores duplas românticas do Brasil. Logo em seguida lançaram o CD/DVD "Ao vivo". A dupla doou os direitos deste trabalho para a Sociedade Pestalozzi, que cuida de crianças com necessidades especiais. Em 2006, lançaram o CD "ABCDE", pela Warner. Na tentativa de ajudar a combater a pirataria e, comemorando o 10º álbum, a dupla lançou esse CD com preço até 40% mais barato em relação à média do mercado. Em 2007, lançaram o CD "Só de você", também pela Warner. Gravado ao vivo, o álbum traz alguns de seus maiores sucessos, incluindo "É Amor pra Toda Vida"; "Se Isso é Amor, Eu Amo"; "To Afim de Festa" e "O que Tiver que Vir Virá". Assim como as citadas anteriormente, a música título do álbum, "Só de você", teve boa aceitação pelo público. No mesmo ano, foram convidados a participar do programa "Viola, minha viola", de Inezita Barroso, na TV Cultura de São Paulo na edição de aniversário da cantora/apresentadora. Na ocasião, demonstraram apreço à música sertaneja tradicional, interpretando "Arrependia", de Zé Matão, Garcia e Campeiro e "Franguinho na panela", de Moacyr dos Santos e "Paraíso", sendo elogiados por Inezita e pela dupla Milionário e José Rico. No mesmo ano,com 12 anos de carreira, 10 discos gravados e com mais de meio milhão de cópias vendidas, passaram a apresentar o programa semanal "Terra Nativa", pela TV Bandeirantes. O programa, com duas horas de apresentação, reunia expoentes da música sertaneja e contava com Aline Lima, filha de Chitãozinho, como repórter especial, apresentando  informações sobre shows, rodeios, festas de peão, além de cobertura desses eventos. O Terra Nativa também apresentava quadros como o "Porteira da Fama", em que o telespectador podia mostrar qualquer habilidade ou talento relacionado ao mundo sertanejo, abrindo ainda,  espaço para duplas iniciantes. "Terra Nativa" foi ao ar durante dois anos, com grande audiência em todo o país. Em 2008, lançaram o álbum duplo "Guilherme e Santiago - ao vivo em Goiânia", pela Sony/BMG, no estilo sertanejo/country. Os detaques foram as músicas "Não Tem Cachaça que Cura", "Do Outro Lado da Cidade" e "Alô Meu Povo". Em 2009, a SonyBMG lançou o DVD Guilherme e Santiago-Ao vivo em Goiânia. O DVD traz participações das duplas Maída e Marcelo, Durval e Davi, além de contar também com participação de Amado Batista e e do trio Claudinho, Henrique e Pescuma. Também em 2009, participaram da gravação do  DVD "Um Barzinho, Um Violão-Sertanejo", lançado pela Sony Music, cantando a música "Do outro lado da cidade". O show, gravado na Arena Country (SP), contou com artistas como Hugo & Tiago, Grupo Tradição, Fafá de Belém, Gian e Giovani, entre outros. No mesmo ano, tiveram a sua gravação "Eu não contei até 10" incluída na coletânea "O melhor do Sertanejo Universaitário", lançada pela Som Livre. Em 2010, lançaram o décimo quarto CD na carreira: "Tudo tem um porque", pela Som Livre, gravado ao vivo em Jaguariúna, São Paulo. Entre uma extensa sequência de músicas inéditas, a canção "Tô Pra Lá de Bagdá" foi a que teve melhor resposta do público, mesclando o sertanejo com o axé. O repertório sertanejo do disco foi representado pelas regravações de "A Noite do Nosso Amor" e "Noite Maravilhosa", ambas de Cezar & Paulinho. Em janeiro do mesmo ano, fizeram um grande show no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), para 25 mil pessoas.  A apresentação fez parte da comemoração da abertura do campeonato paulista de futebol de 2010 e antecedeu a primeira partida da competição, Monte Azul X Corinthians. Ainda em 2010, em março, tiveram a sua música "E daí" entre as primeiras colocadas no Ranking de Execução nas rádios do centro-sul brasileiro, por mais de quatro semanas seguidas. A aferição foi feita pela Crowley. No mesmo mês foram eleitos pelo público, através do portal Terra, como a melhor dupla sertaneja dessa época. Também em 2010, lançaram o DVD, "Elétrico", gravado ao vivo no Goiânia Country Folia. O álbum, lançado pela Som Livre, trouxe sucessos como "Solteiro Sim, Sozinho Nunca", "Tá se Achando", "E Daí' e "Mete Sua Boca", além da inédita "Predadora". Ainda no mesmo ano, participaram da gravação do DVD "Direito de viver", no Credicard Hall (São Paulo), em homenagem aos 10 anos do projeto do Hospital do Câncer, que leva o mesmo nome do disco. Da gravação, participaram artistas consagrados como Amado Batista, Ataíde & Alexandre, Bruno & Marrone, César Menotti & Fabiano, Chitãozinho & Xororó, Daniel, Edson, Eduardo Costa, Fábio Jr, Gino & Geno, Gian & Giovani, Hudson & Rolemax, Hugo & Tiago, Jorge & Mateus, Juliano César, KLB, Leonardo, Milionário & José Rico, Rick & Renner, Rionegro & Solimões, Roberta Miranda, Sérgio Reis, Teodoro & Sampaio, Victor & Leo e Zé Henrique & Gabriel. Em 2014, gravaram o DVD “Villa Mix – 3ª Edição”, pela Som Livre, ao lado de artistas como Gusttavo Lima, Isarael Novaes, Humberto e Ronaldo, e Jorge e Mateus.  

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 Dorival Caymmi
3 Mumuzinho
4 Noel Rosa
5 Festivais de Música Popular
6 Milton Nascimento
7 Lupicínio Rodrigues
8 Gilberto Gil
9 Luiz Gonzaga
10 Gonzaguinha